Como otimizar landing pages para gerar mais conversões?

landing pages.jpg

Se é profissional de Marketing Digital, conhece certamente a importância das landing pages. As chamadas páginas de destino devem ser “despidas”, para evitar distrair as pessoas do seu objetivo: converter! Devem, ademais, ser claras quanto à oferta, apresentar um formulário adequado e guiar os visitantes na jornada de compra.

Existem boas práticas de otimização que fazem a diferença na taxa de conversão. Antes de as introduzirmos, fica a pergunta: alguma vez pesquisou o que andam a fazer as outras empresas da sua área de negócio? Certamente, terá novas ideias!

 

7 Truques para gerar mais conversões com as suas landing pages

 

1. A escolha das palavras-chave

A palavra-chave da sua landing page deve estar relacionada com o material rico e com a etapa da jornada de compra. Por exemplo, para atrair clientes nas primeiras etapas, pode acrescentar à palavra-chave termos como “dicas”, “guia” ou “como fazer”. Se, pelo contrário, a landing page está direcionada para fundo do funil, experimente palavras como “comprar”, “desconto” ou “preço”. Evite keywords muito genéricas.

Além disso, crie um bom snippet. Os snippets são constituídos por três elementos: título, URL e metadescrição. Estes “recortes” que aparecem nos resultados do motor de busca devem ser convidativos, objetivos e claros. Por isso:

  • Muita atenção ao título: Embora tal não seja obrigatório, é recomendável incluir a palavra-chave para ganhar mais relevância. Com um título bem explícito em relação ao conteúdo da landing page, a taxa de rejeição tende a diminuir, pois as pessoas encontram o que procuram;

  • Não esqueça o URL e a metadescrição: Ambos devem conter a palavra-chave. No caso do URL, é um fator que contribui para o posicionamento da landing page nos motores de pesquisa.

 

2. O conteúdo das landing pages: Pouco, mas bom!

Provavelmente, já leu ou ouviu que os conteúdos devem ser longos para terem maior relevância. Nas landing pages, isto não acontece. Se o texto for longo, o objetivo de conversão pode perder-se. O que interessa é ir direto ao assunto: o preenchimento do formulário.

Evite banners, pop-ups, links ou barras de navegação que possam distrair os visitantes e direcioná-los para outras páginas antes de converter.

 

3. A importância das imagens

No nosso blog, já lhe falámos da importância de incluir imagens relevantes nas landing pages. Ao escolhê-las, lembre-se de que o Google penaliza páginas lentas a carregar. Por isso, opte por imagens que carreguem rapidamente ou recorra a ferramentas que as compactem sem lhes tirar qualidade.

 

4. A opinião de outros clientes conta sempre

Os testemunhos dão maior credibilidade e confiança à sua marca. Posto isto, inclua nas suas landing pages declarações reais de atuais clientes ou consumidores. A opinião de outros utilizadores contribui muito para a tomada de decisão final.

 

5. A otimização para dispositivos móveis

Esta não é exclusivamente uma dica de otimização de landing pages, mas não deixa de ser fundamental! Sabemos que os utilizadores consomem cada vez mais conteúdo através de dispositivos móveis, como smartphones e tablets. Por isso, crie landing pages mobile friendly.

 

6. Tirar partido do URL após terminada a oferta

A oferta terminou e pondera eliminar a sua landing page? Porque não aproveitar o URL para divulgar outro material rico ou para direcionar os visitantes para o seu site/blog? Há várias alternativas:

  • Substituir a landing page por uma thank you page após uma campanha;

  • Utilizar o URL para dar a conhecer aos seus visitantes o sucesso de uma campanha;

  • Manter a landing page com um formulário para que os visitantes recebam, em primeira mão, as ofertas do próximo ano.

Estas práticas mantêm os motores de pesquisa a indexar o seu endereço e ajudam a gerar leads o ano todo!

 

7. Testar, testar e… testar!

Não existem landing pages perfeitas. Para cada marca, campanha ou etapa, há elementos que funcionam melhor ou pior. Por isso, o truque é testar constantemente. Aplique testes A/B e analise, de cada vez, a performance das imagens, dos CTA’s, do título, da disposição dos elementos, entre outros. Teste as várias possibilidades e saiba qual delas resulta em mais conversões.

 

As landing pages são indispensáveis quando falamos em Marketing de Conteúdo! Apresentam possibilidades infinitas e, por isso, elevado potencial de conversão. Só precisam de estar otimizadas e de cumprir o seu objetivo com precisão: guiar os visitantes até à etapa final do funil de vendas. Para o conseguir, não precisa de seguir todas as nossas dicas. O importante é perceber quais as que funcionam melhor com o seu negócio!

 

Tem dúvidas? Clique aqui e veja a landing page que lhe damos como exemplo. Se tiver dúvidas sobre a performance das suas páginas de destino, conte com a nossa ajuda! Avaliamos gratuitamente a estratégia de Marketing Digital da sua empresa e ajudamos a potenciar os seus resultados.