Google Analytics: Como medir resultados em Marketing Digital?

Google Analytics

O Google Analytics é a ferramenta de excelência para medir os resultados da sua estratégia de Marketing Digital. Esta medição é fundamental, por diversas razões. Primeiro, se não reconhece um problema, como pode encontrar a solução? Depois, quando tudo corre bem, novas oportunidades podem surgir com estas avaliações.

O Google Analytics dispensa apresentações, uma vez que é a ferramenta de monitorização de resultados mais utilizada no mundo. Provavelmente, até já o tem instalado. Mas costuma utilizá-lo? E sabe aproveitar todo o seu potencial?

Há muitas métricas possíveis de analisar e muitos dados para obter. Hoje, selecionamos 8 métricas do Google Analytics que, no nosso entender, devem ser analisadas com especial atenção.

 

1. Páginas mais vistas no seu site

Com esta métrica do Google Analytics, saberá quais os conteúdos que cativam mais o público. Por exemplo, se tem um blog, poderá verificar que há posts que são mais “concorridos” do que outros. Quando assim é, porque não repetir a fórmula, ainda que sempre com originalidade? Se fez um post com um vídeo e teve mais visitas do que o habitual, já sabe qual o próximo passo!

 

2. Volume de visitas

Nada é mais simples do que esta métrica, que lhe permite saber quantas visitas tem o seu site. Há, no entanto, dois pontos que deve ter em consideração:

  • Saber distinguir visitas de visitantes: O primeiro termo diz respeito ao número de vezes que o site foi visto. O segundo é referente ao número de pessoas que o fizeram;

  • O volume de visitas deve ser analisado em conjunto com outras métricas, como por exemplo o número de conversões. Isto porque não adianta ter muitas visitas se estas não geram leads.

 

3. Número de conversões

Sempre que um visitante concretiza uma ação desejada no seu site (por exemplo, preenche um formulário), dá-se uma conversão. É fundamental conhecer a taxa de conversão para compreender o funil de vendas até à etapa final: a compra.

Na sua análise, identifique a origem das conversões. Se um CTA está a resultar menos do que outro, porque não mudá-lo?

 

4. Páginas vistas por visita

Mais importante do que as visualizações de página (nº de páginas visitadas) é o número médio de páginas vistas por visita. A média ideal é diferente de caso para caso. Por isso, analise esta métrica juntamente com a taxa de conversão: para um certo número de páginas visitadas, está a ter as conversões desejadas? Caso não esteja, vale a pena repensar o fluxo do site.

 

5. Melhor horário para efetuar ações de Marketing

Com o Google Analytics, pode saber em que dias da semana/mês e horários recebe mais visitas. Isto permite-lhe:

  • Por um lado, desencadear ações que aproveitem esses picos e garantir maior alcance;

  • Por outro lado, evitar ações que possam prejudicar o potencial desse horário, como por exemplo uma atualização do site.

 

6. Taxa de rejeição

Para melhorar a sua performance, comece por perceber as razões pelas quais os visitantes abandonam o site. Com o Google Analytics, analise a taxa de rejeição, ou seja, o número de visitantes que abandona o site sem passar da primeira página.

Uma análise detalhada desta métrica pode indicar se o problema é o site ou se a causa está no próprio produto/serviço. Para ir mais a fundo, analise esta métrica em conjunto com a taxa de saída.

 

7. Taxa de saída

A taxa de saída corresponde ao número de pessoas que abandona o site, independentemente da página em que estava. Esta é uma métrica importante e que deve ser trabalhada nas páginas principais do seu site, como as landing pages. Se algo está mal, rapidamente saberá.

 

8. Dispositivos utilizados para aceder ao seu site

É imperativo ter o site otimizado para dispositivos móveis, até porque contribui para posicioná-lo melhor nos motores de pesquisa. Com o Google Analytics, pode saber quantas visitas são feitas através de dispositivos móveis. Provavelmente, até vai descobrir que é urgente orientar as suas campanhas para mobile.

 

Para analisar resultados em Marketing Digital, há uma recomendação fundamental: consistência. Não adianta verificar os resultados esporadicamente, pois os números poderão não fazer sentido e induzir em erro. Importa fazer uma monitorização diária com o Google Analytics, reconhecer padrões e implementar uma estratégia digital em função dos resultados.

Precisa de ajuda para avaliar o trabalho feito até ao momento? Conte connosco! Solicite uma avaliação gratuita do Marketing Digital da sua empresa. Estamos cá para o ajudar a fazer o seu site crescer!