Marketing de Conteúdo: Atraia leads e conquiste clientes!

marketing de conteúdo

 

Marketing de conteúdo, também conhecido por inbound marketing, é uma estratégia digital assente na produção de conteúdo válido, de interesse e verdadeiro, como forma de atrair leads e gerar clientes. Leads é um termo bastante utilizado para fazer referência às pessoas que demonstram interesse em algum produto ou serviço de uma empresa. Esse interesse pode ser manifestado através do download de algum documento ou material rico partilhado num site ou da subscrição de um blog. Um lead não é um cliente, mas pode vir a ser, daí que as estratégias assentes num marketing de conteúdo sejam pensadas para atrair cada vez mais leads, nutrir os potenciais clientes e gerar clientes.

 

O que é nutrir um lead?

A nutrição de um lead corresponde ao fornecimento de informações e conteúdos relevantes para o mesmo. O lead irá absorver esse conteúdo, escolhido e elaborado por si com o objetivo de criar nesse potencial cliente uma necessidade: a de ter o seu produto/serviço. Essa nutrição pode demorar dias, semanas ou meses. Vai sempre depender do tipo de negócio da sua empresa e do tipo de conteúdo que fornecer ao seu lead durante o fluxo. O objetivo final da nutrição de um lead é transformá-lo num cliente.

Este fluxo de informação e nutrição deve ser bem planeado, automatizado e constantemente monitorizado. Só deste modo terá uma maior percentagem de sucesso na conversão de leads e na transformação destes em clientes efetivos.

 

Que conteúdos interessam ao lead?

O interesse vai sempre variar de pessoa para pessoa. O que um lead gosta, outro pode não gostar, o problema que um lead enfrenta não é o mesmo de um outro lead. Por isso, é necessário que acompanhe o percurso de cada um de forma individual e verifique os interesses que demonstram. Tendo isso em consideração, crie conteúdos que vão de encontro a essas preferências.

 

Como o Marketing de Conteúdo pode ajudar?

O Marketing de Conteúdo, tal como o nome indica, foca a sua atenção na produção de conteúdos. Numa estratégia de conversão, estes são criados a pensar nos clientes e, sobretudo, nos leads.

A produção de conteúdos ajuda não só na nutrição de potenciais clientes, como também dá à sua marca/empresa mais notoriedade e, ao mesmo tempo, autoridade nas questões relacionadas com os serviços que disponibiliza. Ao criar conteúdos relacionados com a sua área de atuação está a demonstrar ser um expert nesse setor e isso dá mais credibilidade ao seu produto e à sua marca.

Esses conteúdos podem ser disponibilizados de várias formas, em sites, blogs, redes sociais ou através de email. Pode assumir diferentes formatos, como material rico disponibilizado em Landing Pages, como ebooks, whitepapers, vídeos, infográficos, eventos, webinars, etc.

Contudo, existem 3 cuidados essenciais que deve ter na elaboração do mesmo:

   1. A informação deve ser verdadeira

A sua marca deve inspirar confiança. De nada adiantará criar estratégias de conversão de leads se as pessoas verificarem que o conteúdo não corresponde à verdade ou não tem nada a ver com as suas preferências ou necessidades. Isto leva-nos ao segundo ponto.

   2. Crie conteúdos que acrescentem valor

Para uma pessoa se tornar lead é necessário que o que produz acrescente valor, é preciso que seja um conteúdo rico e relevante o suficiente para que esse indivíduo o queira ter. Só assim se transformará num lead e poderá, posteriormente, concluir um fluxo e tornar-se cliente.

   3. Segmente o seu conteúdo

Os seus leads são pessoas e as pessoas são todas diferentes, por isso, o seu conteúdo também deve respeitar essas diferenças. Crie conteúdos variados, com linguagem e assuntos adequados a cada audiência.

Se tiver estes pontos em atenção, o seu conteúdo irá facilmente converter visitantes em leads e, a longo prazo, transformá-los em clientes e defensores da marca.

 

Como funciona o ciclo dos leads?

A obtenção e nutrição dos leads pode ser dividida em 3 etapas, e como poderá verificar, em todas elas, o conteúdo produzido é essencial.

   1. Visitante convertido em lead.

Esta é a fase inicial, aquela em que através do conteúdo que produziu, conseguiu atrair um visitante ao seu site, blog, landing page, etc. e este decidiu fornecer dados para ter acesso a outro ou a mais conteúdo. Nesta fase, o que se deve fazer é educar o lead, ou seja, dar-lhe informações sobre algo que ele necessita. Um bom marketing de conteúdo é essencial nesta atração inicial e também nas fases seguintes.

   2. Converter lead em oportunidade de negócio

Nesta segunda etapa, já temos alguns dados sobre o nosso lead, portanto é fundamental usarmos essa informação para produzir conteúdo que seja mais específico e o continue a cativar. O importante é que o lead sinta que o que está a fornecer pode ajudá-lo. Só com conteúdo que crie soluções para os problemas é que pode alcançar a terceira etapa da nutrição.

   3. Converter o lead num cliente

Se até aqui apresentava algumas alternativas para resolver os problemas do seu lead, chegou a altura de apresentar diretamente o produto que está associado a essas soluções que andou a referir nas etapas anteriores. Nesta fase, os conteúdos criados têm como objetivo concluir a venda, transformar finalmente o lead num cliente. Pode assim, criar conteúdos mais demonstrativos do seu produto, como por exemplo, vídeos demonstrativos, opiniões de outros consumidores, comparações com outros produtos, entre outros. Se esses conteúdos forem bem produzidos, terá concluído todo este processo conseguindo mais um fiel cliente.

 

Como pode verificar, ao longo de todo este texto em que falamos sobre leads, a importância do conteúdo foi bastante referida. As pessoas querem cada vez mais informação, conhecimento e conteúdo, daí a pertinência deste tipo de marketing digital. Queremos que entenda melhor o que é o inbound marketing, como pode através do marketing de conteúdo ter mais resultados, mais visitas ao seu site, mais leads, mais clientes e mais vendas. Por isso partilhamos consigo um dos nossos ebooks que aborda exatamente isso, o que é o inbound marketing. Faça o download aqui.