Inbound Marketing Versus Marketing Tradicional!

Inbound Marketing

Inbound marketing foca a sua metodologia na atração de clientes: desperta o seu interesse para que tenham curiosidade em conhecer o que a sua empresa tem para oferecer. É uma metodologia não intrusiva, que baseia a sua estratégia na criação dos conteúdos certos para as pessoas certas, no momento certo. O inbound marketing diferencia-se do marketing tradicional porque coloca o seu foco no cliente e nos seus vários perfis (as chamadas personas), segmentando-o de acordo com a fase em que se encontra na sua jornada de compra. Por outro lado, o marketing tradicional atua como uma espécie de megafone, chamando a atenção para as empresas de uma forma direta mas não orientada. Exemplos disto são os anúncios de rádio e televisão, os anúncios em revistas e jornais, os cartazes e os flyers.

É certo que uma estratégia de marketing pode ser articulada, aplicando de forma diferenciada o inbound marketing e o marketing tradicional mas enquanto agência que pratica o inbound e tendo em conta os resultados que temos com os nossos clientes, na Link&Grow cremos que esta metodologia é a mais adequada dos dias de hoje porque:

  1.  Clientes e potenciais clientes, na sua grande maioria, iniciam o processo de compra através de pesquisas na Internet e, por isso, é importante que o site da sua empresa esteja preparado para aparecer bem posicionado nos motores de busca e, claro, com o conteúdo certo;

  2. Quantos de nós não evitamos, enquanto clientes, mensagens intrusivas e interruptivas como, por exemplo, as cold calls – ferramenta bastante popular no marketing tradicional?

Assim, com este artigo pretendemos mostrar-lhe qual a real diferença entre uma metodologia de atração, direcionada ao cliente e cujos problemas, interesses e dores estão em primeiro lugar e uma metodologia intrusiva, de divulgação em massa, no fundo a real diferença entre o inbound marketing e o marketing tradicional. Se a sua empresa está em processo de definição da estratégia de marketing a adotar ou se quer perceber melhor sobre o que é o inbound marketing, este artigo é para si e poderá dar-lhe as indicações que procura.

 

#Despertar a atenção do cliente versus vender-se ao cliente

Ao adotar uma estratégia de inbound marketing, o seu foco está no cliente e nos seus diferentes perfis, as personas, e terá sempre em atenção a fase em que se encontra na sua jornada de compra – afinal, para quê tentar vender, por exemplo, um carro a um cliente quando ele ainda não sabe se o mais indicado para ele é uma carrinha ou um utilitário? Para poder orientar as respostas aos mais variados perfis, o inbound marketing procura saber, antes de mais, quem são os seus visitantes:

  1. Ao criar conteúdo útil e de qualidade, que desperta o interesse dos seus potenciais clientes, o número de visitantes ao seu site aumenta -  o Inbound Marketing preocupa-se em garantir que a sua marca, além de visível, é uma referência; o marketing tradicional preocupa-se com a visibilidade.

  2. Aumentando o seu tráfego web, tem agora oportunidade de conhecer os seus visitantes e, por isso, é importante que o seu site/blog tenha call-to-action, landing pages e formulários que transformem os seus visitantes em contactos ou leads. A partir daqui já tem um canal de relacionamento com os seus potenciais clientes, que lhe permite conhecê-los: é assim que o Inbound Marketing adota uma estratégia bem orientada e relevante, evitando ao mesmo tempo que seja intrusiva e inoportuna. No marketing tradicional, a mensagem chega a todos sem distinção – poderia ser uma vantagem, se o conteúdo fosse adaptado aos vários perfis de cliente e às fases de decisão em que estão.

  3. O contacto com os visitantes do seu site promove a comunicação bilateral que, em todos os negócios, é uma mais-valia. Através, por exemplo, da interação nas redes sociais ou no seu blog, conhecerá as suas necessidades, as suas dúvidas, as suas opiniões e os assuntos que mais curiosidade suscitam. No marketing tradicional a comunicação é unilateral e não promove o diálogo – é generalista, formatada e não é dado espaço aos potenciais clientes para comentar, expor dúvidas ou partilhar experiências. Não é possível obter o feedback necessário para adaptar as respostas a cada perfil.

Este caminho que aqui apresentamos corresponde ao que, no Inbound Marketing, se chama de Funil de Vendas, ou seja, o caminho que a sua empresa deve percorrer com cada visitante, que se converte em lead, enquanto o orienta para ser uma oportunidade, tendo em vista a venda final. No marketing tradicional, o funil de vendas não ocorre: a comunicação é unilateral, direta e com a finalidade única de vender, não de informar os clientes e fidelizá-los.

 

#Resultados exatos versus resultados estimados

Qualquer estratégia de Inbound Marketing tem a análise dos resultados como etapa transversal a todos os momentos da sua implementação. Esta análise permite o conhecimento rigoroso do custo de cada medida aplicada e do lucro que esta lhe está a trazer. Face a este diagnóstico, poderá proceder a otimizações e alterações imediatas na sua estratégia de Inbound Marketing -  por exemplo, se a sua taxa de conversão de leads não é a ideal, tem oportunidade de otimizar o seu site/blog para inverter esta tendência: alterando o posicionamento dos CTA’s ou melhorando o conteúdo das landing pages, certamente verá os seus números subir! Numa estratégia de Inbound Marketing, apenas se replicam ações que desencadeiam bons resultados e, as que não geram resposta, são repensadas.

No marketing tradicional é difícil de precisar, de entre as várias estratégias e ferramentas aplicadas, aquela que mais retorno gerou – qual dos anúncios gera mais vendas: o da televisão ou o da rádio? E será que o conteúdo do anúncio está a ter aceitação ou poder-se-ia tentar outra mensagem?  Também é difícil replicar as estratégias e ferramentas mais produtivas porque não sabe quais são – para aceder a esta informação de uma forma sistematizada, deverão findar várias campanhas, pois só então é possível confrontar resultados de umas e outras, num processo que é moroso, dispendioso e que peca pela precisão.

Optando pelo Inbound Marketing está a privilegiar uma estratégia de atração de clientes, em que todos os resultados são mensuráveis e em que todas as ações são definidas tendo por base métricas rigorosas – a análise é uma das componentes mais importantes de qualquer estratégia de Inbound. O marketing tradicional, pelo contrário, tem uma metodologia menos exata: na divulgação da mensagem, massificada, e na análise dos resultados, mais indiferenciada e pouco precisa.

Ao optar por uma estratégia de Inbound Marketing está também a decidir por um investimento mais controlado: ao longo de todo o processo, saberá o retorno de cada cêntimo investido, tendo mais facilidade em calcular o seu ROI, o retorno face ao seu investimento total.

Já pensou na metodologia de marketing que pretende adotar para a sua empresa? Na Link&Grow, estamos preparados para responder a quaisquer dúvidas ou incertezas que tenha. Pondera alterar a estratégia de marketing da sua marca? A nossa equipa conta com especialistas de Inbound Marketing entusiasmados com a ideia de o ajudar a fazer crescer o seu negócio! Já adotou uma estratégia de Inbound Marketing? Partilhe connosco os seus resultados! Estamos ansiosos por saber a sua opinião e, caso seja necessário, estamos aqui para o esclarecer. Este blog é nosso, mas só faz sentido consigo desse lado!

Para que se possa organizar da melhor forma para 2017, aproveitamos também para lhe oferecer uma espécie de guia para o ajudar a fazer o Planeamento de Marketing Digital da sua empresa. Saiba como analisar a sua situação atual, definir objetivos, selecionar projetos e atividades prioritárias para o seu negócio! Faça o download do nosso ebook aqui: https://goo.gl/3uLbMF