7 táticas para criar uma newsletter eficaz

newsletter-eficazes.jpg

As newsletters são uma excelente forma de comunicação com clientes e prospects, contribuindo para fomentar o relacionamento e ligação de forma simples e direta.

A newsletter ao contrário dos e-mails promocionais, não está focada numa oferta específica podendo apresentar uma maior diversidade de assuntos e interesses. A mesma newsletter poderá servir para promover um determinado produto, indicado para todos os que estejam num momento avançado de compra, como poderá servir para todos os outros que estão numa fase inicial e de avaliação, demonstrando interesse apenas em artigos e dicas.

Por outro lado, o uso de um layout organizado e padrão permite a sua elaboração sem grandes dificuldades.

As newsletters podem gerar um ótimo retorno desde que a qualidade seja sempre mantida.

Apresentamos em baixo algumas táticas a reter:

1. Apenas envie se for realmente relevante

Sendo o objetivo principal da newsletter manter o público o mais próximo do seu negócio, a sua empresa deverá saber que tipo de conteúdo poderá interessar mais à base de dados de clientes e prospects. Temas que permitam responder às maiores dúvidas dos potenciais clientes nas suas áreas de atuação, permitirão atrair mais do que a divulgação pura e simples de um produto ou serviço da sua empresa.

Quanto mais informações tiver acerca das preferências dos seus leitores melhor, sendo que o ideal é que a mensagem seja a mais segmentada possível.

Uma newsletter bem elaborada, de conteúdo selecionado, que seja relevante para os seus leitores, tem tendência a se tornar num grande ativo de longo prazo.

2. Torne o conteúdo escalável

Se possui diversos temas para divulgar, deixe as chamadas bem separadas e organizadas e dê destaque para os pontos centrais.

No caso de textos grandes, mantenha apenas uma introdução ou resumo, com um link para que o conteúdo mais completo seja lido e esteja disponível no site. Com isso poderá descobrir através dos cliques, quais os conteúdos que mais chamaram a atenção.

3. Selecione corretamente o assunto da mensagem e remetente

Você sabia que o grande responsável por uma boa taxa de abertura de cliques é o assunto da mensagem? Por isso, dedique algum tempo a elaborar um assunto atraente para os seus leitores. O grande desafio é ser sucinto, objetivo, e principalmente relevante para quem lê.

Uma boa opção é usar a chamada do texto mais importante que selecionou para a newsletter. Com isso tenderá a aumentar a taxa de cliques nesse artigo. Outra, é usar a criatividade e destacar o tema de forma geral numa única frase.

Uma outra questão fundamental é que o nome da sua empresa figure no remetente do e-mail. Desta forma permitirá ao recetor identificar o destino e se já conhecer a sua empresa mais facilmente poderá ficar interessada em ler o seu conteúdo.

4. Simplicidade do layout

O HTML de um e-mail não pode ser encarado da mesma forma que um HTML de um site. Quanto maior for a complexidade maior é a probabilidade de ter problemas na forma como cada serviço “renderiza” a mensagem. Além disso oferecer uma sequência mal definida pode confundir o utilizador e diminuir o número de cliques.

5. Tenha cuidado com o uso de imagens

Evite condensar a sua newsletter numa única imagem, uma vez que a maioria dos serviços de e-mail bloqueiam a apresentação da imagem, levando o utilizador a ter que clicar numa autorização para saber qual o conteúdo do email. Este entrave acaba por condicionar bastante os resultados.

Quando utilizar imagens ao longo do HTML, não se esqueça de utilizar corretamente o atributo ALT, para que o leitor saiba do que se trata caso as imagens não sejam exibidas.

Convém lembrar igualmente que deve garantir que as imagens utilizadas estejam no seu próprio servidor.

6. Meça sempre os resultados

Tire partido dos relatórios oferecidos pelos serviços de e-mail Marketing, para avaliar a efetividade das suas newsletters. A taxa de abertura vai ajudar a identificar os melhores horários de envio, a efetividade do assunto escolhido e quanto a sua empresa tem sido relevante ao longo do tempo.

Por outro lado os cliques vão ajudar a mostrar os assuntos que mais chamaram a atenção, contribuindo para a criação de conteúdos interessantes para o seu público.

Assim, poderá otimizar as campanhas e proporcionar um maior retorno sobre o investimento.

7. Teste, teste, teste…

Testar antes de enviar é muito importante. Envie a mensagem para si mesmo, amigos, entre outras pessoas para analisar o seu desempenho. Verifique os principais servidores de e-mail na sua lista e teste os principais.

Procure variar os tipos de conteúdos, assunto do e-mail e horário de envio para identificar que opções são mais favoráveis e contribuem com mais resultados para a sua empresa.

Não deixe de conhecer o nosso mais recente e-book, onde aprenderá a importância dos conteúdos na sua estratégia digital.

E-book: Guia Prático para Construção Estratégia de Conteúdos Infalível